A série Top10 oferece um guia listando as dez melhores histórias e/ou fases de determinado personagem ou equipe em ordem cronológica, disponibilizando links das edições em nosso acervo! Apresentando um dos mais queridos e importantes super-heróis dos quadrinhos: Shazam!

Considerado digno de se tornar o campeão do Mago, sempre que profere a palavra “Shazam”, o jovem Billy Batson é atingido por um raio mágico e ganha vastos poderes e habilidades divinas, transformando-se no Mortal Mais Poderoso do Mundo!

 

A Sociedade dos Monstros Original

Captain Marvel Adventures (vol. 1) 22-46

Na década de 1940, Shazam (até então conhecido como Capitão Marvel) da editora Fawcett era o personagem mais popular dos quadrinhos, desbancando o próprio Superman da DC. Isto provavelmente se devia a abordagem imaginativa dos autores Otto Binder e CC Beck, que mesclavam a ação dos super-heróis com fantasias infantis.

Numa longa sequência de edições, nós temos o misterioso Sr. Cérebro (sim uma minhoca que fala) reunindo os maiores inimigos da humanidade (inclusive figuras reais como Hitler) numa tentativa de conquistar o planeta.  A despeito das caricaturas que se fazia de alguns povos naqueles tempos, estes contos nos mostram o herói em seu auge!

No Brasil: pela editora Globo saiu em “Gibi Mensal” 34-38,40,41,43,46,54,61,70-73. Ou no “Album Juvenil” série B n°30 e série C nº7 (editora Gibizada). Pode-se encontrar também uma destas histórias na Coleção Invictus n° 34 (Nova Sampa).

 

Novo Início

Shazam: The New Beginning 1-4

Após um longo processo judicial em que ficou na “geladeira”, Shazam foi adquirido pela DC e na esteira da saga “Crise nas Infinitas Terras” foi integrado definitivamente ao seu panteão.

Na minissérie The New Beginning coube ao roteirista Roy Thomas (célebre por sua fase nos Vingadores) recontar sua origem para um novo público e completar sua integração ao universo DC. A partir daqui fica estabelecido que Shazam mantém a personalidade de Billy Batson quando este se transforma, antes eles eram duas figuras autônomas. Nesta versão a família Marvel não existe, há atualizações para os vilões Dr. Silvana e Adão Negro… e tudo no ótimo traço de Tom Mandrake!

No Brasil: Inédito.*

*Quem souber da publicação dessas histórias no Brasil, escreva pra gente!

 

O Poder de Shazam

Power of Shazam Graphic Novel, Power of Shazam 1-45

O artista Jerry Ordway foi responsável pela fase mais longeva do Shazam desde que este ingressou na DC. Primeiro ele o renova numa belíssima Graphic Novel pintada e o sucesso foi tamanho que gerou uma série regular.

Em meio a tanto material questionável, o título pode não ter recebido o devido reconhecimento… é uma pérola esquecida da década de 1990! Mas foi o bastante para manter o herói na linha de frente da editora e assim participasse de sagas como “Marvel versus DC” e “Reino do Amanhã”!

No Brasil: Shazam! A Origem do Capitão Marvel, Shazam! 0-12, Os Melhores do Mundo 3 (todas pela Editora Abril).

 

Reino do Amanhã

Kingdom Come 1-4

Reino do Amanhã nos mostra um futuro não muito distante, onde a Terra está infestada de super-heróis cada vez mais irresponsáveis e destrutivos, colocando em risco a sobrevivência do população comum. Cabe aos heróis da velha guarda, com a liderança hesitante do envelhecido Superman, tentarem mudar esse quadro. Sobre essa premissa básica, o roteirista Mark Waid e o ilustrador Alex Ross construíram uma das HQs mais marcantes da década de 1990, cheia de analogias bíblicas e referências ao mercado dos quadrinhos.

Aqui, Billy Batson e seu alter ego são colocados lado a lado da trindade Batman, Superman e Mulher-Maravilha em termos de importância, sendo um dos personagens chave da trama. Ah, e prepare-se para ver o melhor combate entre Shazam e o Homem de Aço de todos os tempos! Facilmente uma das maiores histórias da DC Comics!

No Brasil: saiu como “O Reino do Amanhã” em 4 edições pela Editora Abril. Também lançada como encadernado pela Panini (tanto em capa dura quanto em capa cartão).

 

O Poder da Esperança

Shazam: The Power of Hope

Poucos autores conseguiram capturar a essência de Shazam como Paul Dini e Alex Ross neste conto. Eles exploram a inocência e o bom-mocismo do personagem quando este  decide visitar uma instituição com crianças enfermas, lhes oferecendo algum alívio. Uma história singela e inspiradora, com um super-herói singelo e inspirador!

No Brasil: Saiu pela editora Abril como “Shazam o Poder da Esperança”. Também pode ser encontrado no encadernado “Os Maiores Super-Heróis do Mundo” da Panini.

 

Shazam/Superman: Primeiro Trovão

Superman/Shazam: First Thunder 1-4

Enquanto o Superman busca impedir que os membros de um culto roubem um artefato antigo do Museu de Metropolis, Shazam deve derrotar robôs gigantes que saem furiosos pela cidade de Fawcett! Mas onde estas histórias se conectam?

O escritor Judd Winick nos brinda com essa releitura do primeiro encontro do Homem de Aço com o Mortal mais Poderoso do Mundo, numa série divertida e para todas as idades.

No Brasil: inicialmente saiu como a mini série “Superman & Shazam O Primeiro Trovão” 1-2 (Panini). Compilada em encadernado na “Coleção de Graphic Novels DC” n° 70 (da editora Eaglemoss).

 

Shazam! E A Sociedade Dos Monstros

Shazam! The Monster Society of Evil 1-4

O ilustrador e roteirista Jeff Smith (do premiado Bone) apresenta uma reimaginação genial do Shazam, sua origem e da clássica saga “Sociedade dos Monstros”! Quando o jovem órfão Billy Batson seguiu um misterioso estranho até o metrô, nunca imaginou que poderia adentrar um estranho mundo repleto de tigres falantes, monstros devoradores de crianças, robôs gigantes, intriga política e misteriosos vilões. Mas é exatamente isso (e muito mais!) que Billy encontrará quando um poderoso mago der a ele uma palavra mágica… uma palavra que o transformará no Mortal Mais Poderoso do Mundo!

Porém, mesmo com superpoderes, o garoto terá que lutar muito para achar seu caminho no cruel mundo adulto. Poderá Billy encontrar sua irmã há muito perdida e frustrar os planos malignos do Dr. Silvana? Terá ele alguma esperança de derrotar o Senhor Cérebro e sua Sociedade dos Monstros? Um quadrinho atemporal!

No Brasil: Shazam! & A Sociedade dos Monstros (Panini).

 

Os Novos 52

Justice League (vol. 2) 7-11, 0, 14-16, 18-21

A releitura do herói na fase “Os Novos 52” da DC é a grande fonte de inspiração para o filme Shazam. Originalmente apresentadas como histórias de apoio na revista da Liga da Justiça, esta versão fornece um tom moderno para o herói clássico, incluindo um Billy Batson cínico e um Dr. Silvana mais ameaçador,  tal qual os apresentados na adaptação para o cinema. Uma boa pedida para começar a ler o personagem!

No Brasil: inicialmente lançada nas edições de “Liga da Justiça” (2ª Série) e depois compilada no encadernado “Shazam! Com Uma Palavra Mágica…” (em ambos os casos pela Panini).

 

Multiversidade

The Multiversity: Thunderworld 1

Com uma única palavra, o jovem repórter da Whiz Media, Billy Batson, se transforma no mortal mais poderoso do mundo! Junto aos demais membros da Família Marvel, o Capitão Marvel luta contra vilões covardes como o Sr. Cérebro e a Sociedade dos Monstros! Mas agora, seu maior inimigo atacou a Rocha da Eternidade – a fonte do poder da Família Marvel – e isso poderia significar o fim da realidade como a conhecemos! A aliança entre  Silvanas de múltiplas realidades será o suficiente para desgraçar o Multiverso?

Ainda que faça parte da saga Multiversidade, esta edição pode ser lida tranquilamente de forma isolada. O escritor Grant Morrison presta uma grande homenagem ao Shazam da Era de Ouro inserindo os maneirismos das HQs da época de uma forma muito concisa (trata-se de uma única edição). Além de ser uma nostálgica carta de amor a mitologia do herói, é também uma prova concreta de que conceitos aparentemente batidos ainda podem funcionar muito bem nos quadrinhos modernos!

No Brasil: inicialmente lançada em “Multiverso DC” n° 4. Como encadernado está inclusa em “Multiverso Edição Definitiva”(em ambos os casos pela Panini).

 

Convergência

Convergence: Shazam 1-2

A Família Marvel se encontra impedida de se transformar em super-heróis devido a um domo que cobre Fawcett City. E para melhorar as coisas, eles tem de enfrentar O Doutor Silvana, IBAC e ainda lidar com o Batman num encontro épico em Gotham City!

Esta é outra história que faz parte de uma saga maior (no caso Convergência), mas que pode ser lida isoladamente. E assim como em Multiversidade, esta é outra bela homenagem aos quadrinhos da Era de Ouro!

No Brasil: saiu na edição “Convergência: Shazam, Homem-Borracha & Os Combatentes da Liberdade”(Panini).

 

Concorda com nossa lista? Discorda? Então escreve pra gente! E aproveita pra conferir o nosso acervo de quadrinhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *